28 de janeiro é o Dia Nacional de Combate e Prevenção da Hanseníase

O que é?

A hanseníase, antigamente conhecida como lepra, é causada por infecção com a bactéria Mycobacterium leprae. Ela afeta principalmente a pele, os olhos, o nariz e os nervos periféricos. Os sintomas incluem manchas claras ou vermelhas na pele com diminuição da sensibilidade, dormência e fraqueza nas mãos e nos pés. A lepra pode ser curada com 6 a 12 meses de terapia com vários medicamentos. O tratamento precoce evita deficiência.

 

Como é transmitida?

A transmissão da hanseníase é feita a partir de um bacilo chamado Mycobacterium leprae, um parasita intracelular que apresenta afinidade por células cutâneas e por células dos nervos periféricos.

Os pacientes de hanseníase sem tratamento eliminam os bacilos através do aparelho respiratório superior (secreções nasais, gotículas da fala, tosse, espirro). O paciente em tratamento regular ou que já recebeu alta não transmite. A maioria das pessoas que entram em contato com estes bacilos não desenvolvem a hanseníase. Somente um pequeno percentual, em torno de 5% de pessoas, adoecem. Fatores ligados à genética humana são responsáveis pela resistência (não adoecem) ou suscetibilidade (adoecem). O período de incubação da hanseníase é bastante longo, variando de três a cinco anos.

 

Quais os Sintomas de Hanseníase?

Os sintomas da hanseníase incluem:- Sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades; manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato; áreas da pele aparentemente normais que têm alteração da sensibilidade e da secreção de suor; caroços e placas em qualquer local do corpo; diminuição da força muscular (dificuldade para segurar objetos).

 

Tem Tratamento?

A hanseníase tem cura. O tratamento é feito nas unidades de saúde e é gratuito. A cura é mais fácil e rápida quanto mais precoce for o diagnóstico. O tratamento da hanseníase é via oral, constituído pela associação de dois ou três medicamentos e é denominado poliquimioterapia.

 

Curiosidades, você sabia que?

Existiu uma Colônia para portadores de hanseníase e hoje é uma cidade fantasma no Sul do país!

A 50 KM de Porto Alegre, Colônia Itapuã já abrigou 1.454 doentes portadores de Hanseníase, crianças, jovens e adultos eram separados de suas familias e levados a Colônia que foi inaugurada em 1940. Sendo obrigados a ficaram em isolamento total.

Cercada por mais de mil hectares de mata virgem, hoje existe uma cidade fantasma que abriga 8 moradores remanescentes da colônia, que mesmo após terem autorização para sair em 1986, permanecem no local pois perderam o vinculo com o mundo exterior.

  • Confirma o site onde reune fotos, videos gravados no local, que permitem a visita a prédios, alamedas e moradores remanescentes.

PROJETO TRANSMÍDIA – CIDADE INVENTADA:  http://www.acidadeinventada.com.br

Fontes:
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/hanseniase
http://www1.folha.uol.com.br