TELEMETRIA É OPÇÃO PARA CONTROLAR JORNADA DE TRABALHO DOS CAMINHONEIROS

Sancionada ontem (2) pela presidente Dilma Rousseff, a Lei dos Caminhoneiros aumenta o tempo máximo ao volante de seis para oito horas de motoristas profissionais e, no final delas, o profissional terá de fazer meia hora de descanso. O projeto flexibiliza o limite com o argumento que o motorista precisa chegar a um local seguro para repousar. Se houver acordo com o sindicato, horário e trabalho poderão ser estendidos por mais duas horas, chegando a 12 horas de atividade. Para as empresas, a norma deixa a dúvida de como controlar todos os horários corretamente. A telemetria, que auxilia a controlar o tempo trabalhado, é uma opção. A ferramenta permite que as transportadoras e embarcadoras saibam o que acontece quando seus veículos saem para as ruas, desde o tempo que a carga leva para chegar até o destino ou como os motoristas estão dirigindo. De acordo com o diretor da Mix Telematics, Luiz Munhoz, as principais informações oferecidas pela tecnologia são odômetro (distância percorrida), velocidade em pista seca ou molhada, tempo de acionamento da embreagem (pé na embreagem), freadas bruscas, acelerações bruscas, tempo de uso do veículo parado, em marcha lenta e em movimento, rotações do motor, combustível, temperatura do motor, falha na pressão de óleo e uso do freio motor para veículos de carga. “Os benefícios da telemetria incluem a redução de acidentes, melhoria do bem estar e segurança do motorista e, consequentemente dos passageiros, maior conscientização da comunidade e da responsabilidade social, além da redução de mortes no trânsito e redução dos custos relacionados a acidentes”, explica Munhoz. Assim, as empresas conseguem criar um ranking dos melhores e piores motoristas. “Ganham os dois lados, pois a transportadora sabe que sua carga está em boas mãos, e o motorista se desenvolve cada vez mais, tornando-se um profissional consciente, eficiente e que terá o máximo de segurança nas suas viagens”, diz o executivo. As soluções de telemetria são destinadas às indústrias e transportadoras que precisam gerir suas frotas, garantir a segurança do motorista e rastrear seus veículos. Além disso, a tecnologia contribui para diminuir o impacto no meio ambiente por conta da economia com combustíveis, pneus e trajetos melhor definidos.